Design sem nome

5 ciberameaças dentro do seu negócio

Essa semana, no dia 09 de fevereiro, foi comemorado o dia internacional da internet segura, conhecida como projeto Safer Internet Day. Aqui no Brasil, é o décimo terceiro ano que o país celebra a data, e pensando nisso, hoje nós queremos contar para você, sobre as 5 ciberameaças mais comuns da atualidade. Entenda a importância da Segurança da Informação para o seu negócio.

O que é uma ciberameaça?

Antes de mais nada, é necessário entender o que de fato é uma ciberameaça, afinal a possibilidade de algo acontecer é grande se não entendermos o que isso significa. Dessa forma, a ciberameaça é o ato de cometer algum crime, no meio digital. Isto é, ciberameaça, acontece somente na internet, afim de acessar algo ilegalmente, roubar dados, e até mesmo pedir valor monetário em troca da informação roubada.

O Phishing

Um dos crimes mais comuns da atualidade, é um meio de engenharia social onde criminosos criam um disfarce de entidade confiável muito semelhantes as verdadeiras, com a simples intenção de confundir usuários. 

E assim, fazendo com que realizem transações, roubando as informações pessoais de usuários, como número de cartão de crédito, senhas, CPF e afins.

Dessa forma, muitas vezes, eles aparecem nas caixas de e-mails ou SMS com um link, onde normalmente o usuário clica e é levado diretamente para o local do crime.”

O Rootkit

Considerado um software malicioso, desenvolvido para ocultar a excecução de processos ilegais no dispositivo da vítima. Ou seja, o objetivo do rootkit, é fraudar o acesso do usuário, permitindo que o criminoso faça qualquer coisa na máquina infectada.

Um rootkit é um pacote de software criado para permanecer oculto no seu computador enquanto fornece controle e acesso remoto a cibercriminosos permitindo que acessem e controlem seu computador sem o seu conhecimento.

Engenharia Social

Ainda que, a intenção de proteger os dados seja grande, mais uma forma foi criada para roubar informações. A Engenharia Social, é a que tem por objetivo, a interação humana para induzir os usuários a violarem os procedimentos de segurança, sem a necessidade do uso de softwares ou códigos maliciosos por parte do atacante. 

Entretanto, desempenha um papel  fundamental em um grande número de ataques cibernéticos. Uma ligação telefônica, um pendrive, ou mesmo um sujeito “amigável”, podem ser a porta de entrada para um golpe de engenharia social, roubando informações sigilosas de sua empresa em poucos minutos.”

Ciberespionagem

Ainda assim, a ciberespionagem consiste na apropriação ilícita de informação sensível e secreta por meio digital.

Mesmo as empresas mais pequenas podem ser atacadas diretamente devido à informação confidencial e valiosa que detêm, desde os detalhes bancários dos clientes, à informação dos fornecedores.

Ou até mesmo dados que podem ser utilizados para ajudar a lançar um produto ou captar novos clientes à frente de seus concorrentes.”

DDoS

O DDoS (Distributed Denial of Service), nada mais é que é um ataque geralmente utilizado para prejudicar e-commerces e outros sites tornando estes serviços indisponíveis para clientes e colaboradores, fazendo com que a empresa perca receita. 

Portanto, é fundamental que as empresas identifiquem quais são os principais riscos à sua infraestrutura digital para serem capazes de utilizar as medidas de segurança corretas em cada organização.”

A GTEK e sua segurança

Através de uma equipe multidisciplinar, possuímos o know-how para um atendimento ágil e de qualidade. Queremos junto com você, aumentar a produtividade do seu negócio através das nossas soluções.

Proteja as informações do seu negócio contra ataques e previna a perda de dados e FireWall, filtrando conteúdos na sua rede.

Conte com a GTEK para crescer com tecnologia!

“Não importa se estamos a falar de uma empresa da Fortune 500

ou de um pequeno negócio de duas pessoas a operar a partir da

garagem dos pais de alguém. Todos têm algo a perder.”

CHARLES KOLODGY

VICE-PRESIDENTE DE INVESTIGAÇÃO, PRODUTOS SEGUROS

IDC

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Posts relacionados